sábado, 8 de novembro de 2014

Faixa a Faixa nº3 - Furos nos Sapatos

Faixa a faixa são posts onde falo um pouco das músicas que fiz na estrada. As mais queridas, as mais difíceis, as mais inspiradas...enfim as minhas mais mais, para quem quer saber um pouco mais e passa por aqui. Vou escrevendo conforme bater vontade...
Ao lado direito do site, nos "Marcadores" Faixa a Faixa, aparecem todos os postados. Só clicar e ver.

Furos nos sapatos (Zupo/Mancha):
Lançada originalmente como single em 2014 e faz parte do álbum Fuzuê! (Pedra) (2015)

Furos nos sapatos era uma das faixas em que eu trabalhava durante o período em que o Pedra ficou "descansando" em 2011. Era para sair em um trabalho solo meu e chegou a ser gravada para esse fim. Com a volta do Pedra e o adiamento desse trabalho solo, que ainda está nos planos (** e que hoje já é realidade após o fim do Pedra em 2015 e o início da nova estrada em 2016), regravamos ela para o Fuzuê! (o terceiro álbum do Pedra que sai em comecinho de 2015).
Esse riff inicial me acompanha há décadas. As vezes algum riff faz isso. Em uma das faixas do Big Balls, que incluirei aqui no "Faixa a Faixa" em breve, isso também aconteceu com um riff que me acompanhava há 8 anos e de repente em um ensaio a música nasceu. No caso de Furos nos Sapatos, o riff chegou a ser gravado com violão no estúdio Mosh em 1996 mas o resto do que poderia ser a música era completamente diferente e nitidamente parecia como algo "não acabado". Durante anos esse riff teve várias tentativas e não nascia a canção.
Durante esse intervalo do Pedra, ensaiando um novo repertório para esse trabalho solo, juntamente aos Brothers Ivan Scartezini, Marcião Gonçalves e Marcelo Mancha, consegui finalmente finalizar essa história. Bem...quase...na verdade a gente gravou inteira mas quando regravei com o Pedra ainda incluí 2 acordes que não existiam na harmonia. Isso prova o fato de que nada nunca está realmente finalizado em arte, a gente desiste e resolve que é aquilo, senão enlouquece....sempre pode ficar melhor.
E para ficar ainda melhor, nada melhor que contar com a Tata Martinelli e o Marcelo Mancha na gravação fazendo os backing vocals mais lindos do disco, sem adulação, somente a verdade, nada mais que a verdade e ainda contarmos novamente (A revista em quadrinhos que acompanha o Pedra II foi inteira desenvolvida por ele) com o "parça" Diogo Oliveira nas ilustrações e capa do novo álbum Fuzuê!.
Quanto à letra...
Eu tinha já escrito umas 3 versões dessa letra e a idéia de "furos nos sapatos" derivando da estrada que percorremos era insistente, principalmente após a partida de muitos amigos no último ano 2013/2014 mas o "parça" Marcelo Mancha foi muito feliz citando a questão do "lapso no tempo e no espaço", o que acabou me ajudando a definir o "norte" da conversa. Porque afinal é só isso mesmo...Um lapso no tempo e no espaço. Após essa citação dele a coisa fluiu na velocidade da luz.
Então...
É só mais uma vez enxergar que é somente a estrada, não importa o destino. Era só para gritar algo sobre a passagem de vários amigos, artistas incríveis (daqueles que realmente fazem arte) que nos deixaram nos últimos tempos recentes. Era só para gritar qualquer coisa que amenizasse e que tirasse os olhos dos anos para voltar a prestar muito mais atenção aos minutos, esses sim são muito mais preciosos. Os anos passam mas o minuto do grito é eterno. Que assim seja...


Pedra - Furos nos Sapatos ...- (Zupo/Mancha)
Tenho dito adeus a tantas coisas.
Outras vem ao meu caminho.
Em nossas mentes, lentes diferentes.
Não é final, nem é destino.
E o tempo já não está ao meu lado, tudo muda de lugar.
O que eu quero é só vagar por aí.
Eu não sei como te dizer, que nunca mais eu vou voltar.
Eu quero mais daquilo que não tem e é sempre um passo mais para lá.
O tempo já não está ao meu lado, tudo muda de lugar.
São só histórias e rastros, furos nos sapatos enquanto eu vagar por aí.
É um lapso no tempo e no espaço, enquanto eu vagar.



 


Pedra:
Xando Zupo - Guitarra/Vocal
Rodrigo Hid - Guitarra/Vocal
Luiz Domingues - Baixo
Ivan Scartezini - Bateria

 


Você pode se interessar também por - Live Sessions Estúdio 500


Xando Zupo - 2016:
Fernando Janson - Vocal
Ricardo Alpendre - Vocal
Marcião Gonçalves - Baixo
Ivan Scartezini - Bateria
Xando Zupo - Guitarra


6 comentários:

  1. Respostas
    1. Valeu pela visita. Aos poucos muito mais vai pintar pelo site.
      abs

      Excluir
  2. Parabéns Xando pelo trabalho e pela iniciativa do Faixa a Faixa, é sem duvida uma grande contribuição para o Rock Brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal, viajei no texto e nas músicas, parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela visita e pelo comentário Schultz.

      Excluir